Refeições contendo ômega 3 são poderosas

Todos já ouvimos falar muito em ômega 3, seus benefícios para a memória e a saúde em geral. Mas como inseri-lo na nossa dieta habitual e usufruir de todo o seu poder nutricional?

Em primeiro lugar é importante sabermos que O ômega 3, na verdade é um ácido graxo, um tipo de gordura benéfica ao funcionamento do nosso organismo.  Os humanos, no entanto, não produzem o ômega 3 e precisam ingeri-lo na forma de alimentos.

Informação nos ajuda a ter ciência do tamanho da sua importância e a cuidar melhor de nossa saúde. Entre tantos benefícios, o ômega 3 fortalece o cérebro, combate o colesterol ruim e diminui os triglicérides. Outro fator importante é que o ômega 3 ajuda a o organismo a absorver o cálcio e isso fortalece nossa capacidade de combate à osteoporose. O ômega 3 também é anti-inflamatório, previne doenças cardiovasculares, evitando o entupimento dos vasos sanguíneos.  Como se não bastasse, ainda combate à depressão, reduz a pressão arterial, combate diabetes e combate a asma. Como se não bastasse, o nutriente reduz sintomas da TPM e ainda é um queridinho no processo de emagrecimento.

                   Alimentos que mais contém ômega 3

O salmão é um dos peixes mais ricos em ômega 3

Tudo isso e mais um pouco deve abrir o nosso apetite por pratos que contenham o nutriente. Pois bem, o ômega 3 é encontrado especialmente em peixes, no óleo de canola, linhaça, sementes de lichia, na couve, na manteiga, leite e ovos.

O preparo dos alimentos que o contém, no entanto, é decisivo para o ômega 3 não perca sua propriedade. A maior concentração desse ácido está, por exemplo, na pele dos peixes que não deve ser retirada durante o preparo.  O ideal é não fritar o peixe, pois o preparo em altas temperaturas compromete os resultados na obtenção do ômega 3. O mais aconselhável é que o peixe seja refogado, assado ou grelhado.

Entre os peixes que encabeçam a lista dos que mais contém ômega 3, estão o atum, o salmão, o bacalhau e a sardinha. Duas porções de qualquer um deles por semana, são suficientes para manter as taxas em dia. Os peixes de águas frias acumulam mais gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas, em razão do ambiente em que vivem. Essa gordura, contém o ômega 3.

Alimentos preparados com ingredientes que contém o ômega 3 devem ser consumidos assim que ficarem prontos, de maneira que não haja tempo para a perda dos nutrientes.

No seu próximo passeio ao Via Café, visite nossa Praça de Alimentação e experimente os pratos das nossas cozinhas que levam o peixe com ômega 3 nas receitas. E volte para a casa saciado e mais saudável!

 

Nenhum Comentário

Deixe um comentário