MINHA MÃE QUER UM PRESENTE!

A sua mãe é daquelas moderninhas que adoram uma maquiagem, roupa nova, cabelo cuidado e sapato nos trinques? Ela é um tipo comum. Pesquisas apontam que os presentes preferidos pelas mães, no dia delas, tem a ver com embelezamento, algo que as façam se sentir mais bonitas, cheirosas, renovadas e valorizadas.

É que o dia a dia cansa. Rotina de mãe não é fácil. Então, uma saidinha ao cabeleireiro, pode ser visto como um presentão. As mães estão querendo se cuidar, estar em forma, bonitas, alinhadas e com saúde. Agora vamos combinar: o que não falta por aí são sugestões de presentes nesse sentido. Perfumes, roupas, uma bota nova pro inverno, aquele brinco que ela ama, uma lingerie linda, maquiagem, celular… as ofertas são muitas.

O importante é exercer a sensibilidade, prestar atenção e identificar o que ela anda precisando ou simplesmente querendo. Em algum momento ela vai deixar escapar um comentário do tipo: “nossa, que botas lindas aquelas vermelhas!”, ou “estou precisando de uma roupa nova de ginástica para a academia, um tênis… Ah, queria um dia de folga na cozinha!”

Há também aquelas mães “peculiares”. Se você tem uma delas, precisa identificá-la. Estas mães trocam qualquer presente por um livro do autor preferido, maquiagem por uma calça de caminhar na montanha, tudo por um acessório novo para a bike, um saco de dormir em barracas, ou uma daquelas toalhas que fazem um volume mínimo, enxugam bem o corpo e se secam em seguida.

O mais importante de tudo é agradar dentro das possibilidades de cada um, comprando algo que caiba no seu orçamento e que seja útil – o que nem sempre é um presente caro. E o mais importante, não confundir presente com presença: mães adoram abraços, beijos, carinho, companhia e querem, sobretudo, alegria no seu dia.

Se você está naquela etapa de investigar algo que seja a cara dela e de comparar preços, vale muito um passeio despretensioso pelo Garden e olhos atentos nas vitrines, com possibilidades tantas de identificar o que você procura.

Nenhum Comentário

Deixe um comentário