23 de abril: Dia Mundial do Livro

O livro é tão importante que tem um dia só dele e esse dia é celebrado em todo o planeta. 23 de abril, Dia Mundial do Livro. Na verdade, uma forma de reconhecimento à tudo de bom que os livros nos proporcionam. A possibilidade de viajar, conhecer realidades diversas, culturas díspares, refletir e aprender sobre tudo. Esses são alguns dos presentes que os livros nos concedem desde a mais tenra infância.

Além de favorecer a concentração, ajudam a educar o espírito e a cultivar momentos de paz e reflexão, tão necessários às decisões sábias. Os livros ainda agregam cultura, sensibilidade, capacidade de pensamento claro e expressão, poética e lógica, com vocabulário apropriado.

Isso é capaz de mudar a vida de uma pessoa, tanto que é nítida a diferença entre os modos dos que leem com frequência e os que não possuem esse hábito.  A intimidade com as palavras e o conhecimento propiciado pelos livros, levam à capacidade de um pensamento incomparavelmente mais elaborado e com bases lúcidas..

As tecnologias disponíveis hoje vieram muito depois da linguagem escrita e dos livros. Houve quem apostou no desaparecimento da versão física dos mesmos, mas o fato é que eles ainda são muito queridos. São procurados, inclusive, pelas gerações mais novas, que aprenderam a amar autores em sintonia com os seus desafios, angústias e buscas.  Vieram novos discursos, novas maneiras de se contar uma história, e lá estão os livros figurando entre objetos do desejo de gente muito jovem.

Livros são grande companheiros da vida inteira

 

O Dia do Livro é uma homenagem a Willian Shakespeare, Miguel de Cervantes e Inca Garcilaso de la Vega

O dia 23 de abril foi a data escolhida para se comemorar o Dia Mundial do Livro por estar relacionado às mortes de três grandes escritores: o inglês William Shakespeare e os espanhóis Miguel de Cervantes e Inca Garcilaso de la Vega. Todos os três autores morreram no mesmo dia: 23 de abril de 1616. A data foi escolhida pela Unesco, em 1995.

Dessas coincidências abençoadas vive a história registrada pelas penas dos escritores, grandes responsáveis pela evolução humana.  Sem os registros do que eles aprenderam e deixaram como legado, não seria possível avançar, nem nos conhecimentos técnicos, nem nos teóricos. A civilização atual é a soma do que eles nos deixaram como herança.

Por prezar a cultura como o maior valor intrínseco da humanidade, o Via Café tem seu em espaço uma livraria presente desde o início de seu projeto. E sempre incentivou lançamentos de livros de autores diversos e rodas de leitura entre crianças e adultos.

A data é um convite para o visitante se integrar às nossas atividades literárias e para uma lembrança importante, sobretudo aos pais. As crianças não aprendem a gostar dos livros ao ganhá-los como presentes em pacotes lindos: as crianças imitam os adultos com os quais convivem.

 

2 Comentários
  • Ana

    Sempre amei ler e ver uma matéria tão bem escrita incentiva cada vez mais qualquer leitor. É bom saber que a leitura é valorizada, ainda mais por um lugar tão popular e frequentado como um shopping. Meus mais ternos parabéns a jornalista responsável.
    Obs: A livraria do shopping tem muitas variedades realmente, mas os preços estão bem elevados.

    23 de abril de 2019 Responder

Deixe um comentário